INVESTIMENTOS: UMA PORTA DE ENTRADA PARA VIVER LEGALMENTE NOS ESTADOS UNIDOS

A combinação da crise com as possibilidades de lucrar alto em uma moeda forte, bem como de transferir suas famílias para um novo patamar de qualidade de vida, são apenas algumas das razões que tem impulsionado o aumento de investimentos de brasileiros nos Estados Unidos. Seja largando tudo para trás, e mudando-se de país, ou apenas investindo em empresas e outros rendimentos nos Estados Unidos, os brasileiros continuam injetando dinheiro na economia norte-americana, mesmo com a alta do dólar.

Os altos câmbios não conseguiram estacionar essa aposta de muitos investidores, porque a economia estável e rentável norte-americana contrabalanceia o fator cambial. . Dados recentes do Departamento do Comércio dos Estados Unidos revelam que a economia norte-americana cresceu 5% só no terceiro trimestre do ano. Em 2016, o índice Dow Jones também ultrapassou os 18.000 pontos e o S&P 500 passou a barreira dos 2.000 pontos. Esses são recordes históricos e mostram que os Estados Unidos continuam em um caminho estabilizado de crescimento. Além disso, poucos países no mundo oferecem tantas formas diferentes de se imigrar legalmente como os Estados Unidos.

A Flórida, especificamente tem sido o estado mais procurado para investimentos do tipo. Eleita recentemente como o 2º melhor estado dos Estados Unidos para se fazer negócios, o estado tem se mantido nessa posição no ranking por 4 anos consecutivos, principalmente por sua excelente infraestrutura e incentivos tributários para empresas.

Um outro fator a favor dos investimentos no exterior é o fato de não haverem cargas tributárias sobre remessas de capital para investimento no exterior. Segundo Diego Sampaio, consultor da Company Combo, em Orlando, “as pessoas sempre perguntam sobre a carga tributária em relação aos seus investimentos aqui nos Estados Unidos. Na verdade, a remessa de capital para investimento entre os mesmos titulares não incide em imposto de renda no Brasil ou outros impostos nos Estados Unidos”, explicou ele.

Os investimentos também podem ser a porta para a oportunidade de viver legalmente nos Estados Unidos. Existe basicamente três oportunidades, os vistos L-1, E-2 e EB-5. Cada um desses tem pré-requisitos diferentes em relação ao montante do investimento, bem como oferecem vantagens distintas. Mas no geral, com um investimento a partir de US$100 mil é possível adquirir um visto para residir nos Estados Unidos.

No próximo post você vai conferir uma das áreas em maior crescimento nos últimos anos na economia norte-americana: a indústria da limpeza.

Deixe uma resposta