COMO CONSEGUIR CIDADANIA ITALIANA?

Está com dúvidas de como conseguir a sua tão sonhada cidadania italiana? O Atalho te ajuda!

Todo homem italiano, passa aos seus filhos, automaticamente, a cidadania – mesmo que eles tenham nascido em outro país. Logo, não importa se o seu tataravô era italiano, você provavelmente tem direito à cidadania! Lembrando que, quem é casado com um italiano também pode se tornar um cidadão italiano. Para requisitar a cidadania é preciso estar casado de pelo menos por 3 anos.

Mas cuidado! antes de solicitar a sua cidadania italiana, verifique se o seu antepassado é realmente italiano e o local de nascimento dele.

Verifique também a cidadania italiana na linha materna, ou seja, até 01/01/1948 (data da entrada em vigor da Constituição Italiana), a lei dizia que mulheres não transmitiam a própria cidadania para os filhos, sendo assim, os filhos e descendentes de mulheres italianas casadas com estrangeiros, recebiam somente a nacionalidade do pai ou do local onde nasciam. Esta regra acabou com a Constituição Italiana de 1948 e todas a mulheres puderam finalmente, transmitir a nacionalidade italiana para os seus filhos.

Conclusão: Se existe uma mulher na sua linha de ascendência, você precisa verificar a data de nascimento do filho dela. Se foi antes de 1948, o direito não foi transmitido, se não e ele nasceu após 1948, a mulher italiana transmitiu a cidadania para o filho(a)!

Quais são os documentos necessários?

  • Certidão italiana de nascimento do antepassado emigrado no Brasil (documento que é emitido pelo Comune de nascimento na Itália – se na época do nascimento dele ainda não existia registro civil, o documento será a certidão de batismo emitida pela paróquia).
  • Certidões brasileiras de nascimento de toda a linha de descendência (se na época do nascimento dele ainda não existia registro civil, o documento será a certidão de batismo emitida pela paróquia).
  • Certidões de casamento de toda a linha de descendência (fique atento: caso seu antepassado tenha se casado na Itália, você vai precisar pedir esse documento lá).
  • Certidões de óbito (nem sempre será necessário apresentar essas certidões, mas por garantia é melhor tê-las em mãos).
  • CNN – Certidão Negativa de Naturalização do seu antepassado italiano.

No momento em que você for dar entrada no processo, no comune ou no consulado italiano mais próximo de sua residência, além de todas as certidões, vai precisar preencher um formulário e levar uma cópia simples do seu documento de identidade ou passaporte válidos e sua árvore genealógica.

Lembre-se: em alguns casos será necessário apresentar uma documentação complementar (como, por exemplo, quando o requerente for divorciado).

Quanto custa para reconhecer a cidadania italiana?

Se a sua opção for fazer o reconhecimento no Brasil, através dos Consulados, o tempo de espera é de aproximadamente entre 7 e 12 anos e os gastos totais em torno de 5 mil reais.

Mas, se a sua opção for reduzir o tempo de espera para de 3 a 6 meses, vai precisar desembolsar um valor próximo dos 20 mil reais, considerando as despesas com viagem e acomodação na Itália.

Deixe uma resposta